Como se cadastrar no programa Casa Verde e Amarela

O programa Casa Verde e Amarela é o novo projeto feito pelo atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, juntamente com sua equipe econômica, visando substituir o antigo programa Minha Casa Minha Vida, instituído pelo governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O programa foi lançado em agosto de 2020, e pretende atender pelo menos 1,6 milhões de famílias que possuem uma baixa renda familiar, podendo se beneficiar do financiamento habitacional até o ano de 2024.

O programa possui seu gerenciamento pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e será custeado pelos recursos orçamentários, assim como os fundos habitacionais do FGTS. O programa já está em vigor e conta com inúmeras diferenças, sendo uma delas a possibilidade de reforma nos imóveis já prontos, o que não era possível no programa anterior, onde o mesmo também não permitia a regularização fundiária.

Uma das maiores diferenças dos programas são as taxas de cobrança de juros e substituição das faixas de rendas por três grupos.

Grupo 1: Basta possuir uma renda de até R$ 2 mil

Grupo 2: Basta possuir uma renda entre 2mil reais e R$ 4 mil

Grupo 3: Basta possuir uma renda entre 4 mil reais e R$ 7 mil

Quem for beneficiário do primeiro grupo terá a compra subsidiada e financiada, podendo também solicitar a regularização fundiária.

Grupo 1: Possui uma taxa de 5% a 5,25% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa é de 4,5% a 4,75%

Grupo 2: Possui uma taxa de 5,5% a 7% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa é de 5% a 6,5%

Grupo 3: Possui uma taxa de 8,16% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja taxa é de 7,66%

(Beneficiários das regiões norte e nordeste)

Grupo 1: Possui uma taxa de 4,75% a 5% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa é de 4,25% a 4,5%

Grupo 2: Possui uma taxa de 5,25% a 7% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa é de 4,75% a 6,5%

Grupo 3: Possui uma taxa de 8,16% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja taxa é de 7,66%

Como se inscrever?

Segundo a Caixa Econômica Federal irá abranger nesse financiamento famílias com renda de até 7 mil reais de forma individual. Tudo poderá ser feito diretamente com uma construtora ou também por meio de uma entidade organizadora que esteja ligada à um empreendimento que seja financiado por um bando público. Sua inscrição será avaliada pela Caixa Econômica Federal, e depois de esperar sua aprovação após enviar seus documentos, o contrato poderá ser assinado.

Documentos para cadastro

Para se cadastrar você precisará dos seguintes documentos:

Seu comprovante de Renda Feita (Holerite/Contracheque)

Seus documentos pessoais para sua identificação (RG e CPF)

Seu comprovante de estado civil. Se for solteiro, sua certidão de nascimento, para casados as certidões de casamento e a certidão de casamento averbada para divorciados

Seu comprovante de residência

Sua declaração de contribuição de imposto de renda, caso for necessário

Caso você seja um trabalhador autônomo, você deverá apresentar seu comprovante de renda através de um extrato bancário de pessoa física.

Para você que deseja se beneficiar do programa, vale lembrar que as taxas de juros serão menores para moradores do norte e nordeste. Como primeira diferença, no programa Casa Verde e Amarela, deixa de existir a primeira faixa que não possuía juros e tinha famílias com renda até 1,8 mil reais, sem juros. Agora, essas famílias serão atendidas como parte do grupo 1, com renda até 2 mil reais e com juros reduzido a partir de 4,25%, bem parecido com o que era ofertado na faixa 1,5 do programa anterior.

Programa Minha Casa Minha Vida

Faixa 1: A renda deveria ser até R$ 1,8 mil

Faixa 1,5: A renda deveria ser até R$ 2,6 mil

Faixa 2: A renda deveria ser de até R$ 4 mil

Faixa 3: A renda deveria ser entre 4 mil e R$ 7 mil

Nesse programa anterior, as pessoas que faziam parte da faixa 1, ou seja, que possuíam uma renda menor, de até 1,8 mil acabavam recebendo subsídios para a compra da casa, com parcelas variando entre 80 e 270 reais.

Faixa 1,5: Possui uma taxa de 5% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa é de 4,5%

Faixa 2: Possui uma taxa de 5,5% de juros até 7% caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa de juros é de 5% até 6,5%

Faixa 3: : Possui uma taxa de 8,16% de juros, caso não seja cotista do FGTS, caso seja a taxa é de 7,66%

Sabemos que o financiamento de imóveis nem sempre é muito acessível para famílias de baixa renda, e para isso o programa foi instaurado no governo anterior, porém com algumas limitações, mas ainda assim atendendo e ajudando as famílias.

O governo atual instaurou algumas mudanças importantes no programa para que o mesmo se torne mais acessível à população, mais abrangente, prometendo cerca de mais 350 mil moradias até o ano de 2024. Além disso, as novas opções de reforma dos imóveis, o que não era possível antes, e a regularização fundiária.

Outro ponto importante no novo programa é que os imóveis deveriam ser feitos no nome das mulheres, não sendo obrigatório, mas visando que as mulheres e crianças estejam asseguradas em caso de divórcio, independentemente do regime de bens que o casal tenha escolhido.

O crédito imobiliário da Caixa permite que pessoas físicas ou jurídicas possam financiar um imóvel pronto ou construir. Além disso, também é possível que o crédito seja usado para que os imóveis sejam ampliados ou até mesmo que haja a compra de um terreno.

Para que não haja dúvidas, você também pode baixar o aplicativo da Caixa Econômica federal, e faça a simulação de um financiamento e veja quais opções se encaixam melhor em seu orçamento.

Abra o aplicativo, selecione sua opção de financiamento, sua cidade e os dados necessários e simule.

Simulador de corte de cabelo

Simulador de financiamento de veículos